Vale a pena fazer concurso público?


Ingressar em um emprego mediante concurso público é a ambição de muitas pessoas, isso se deve ao fato de que o salário oferecido na maioria dos cargos é bastante superior ao funcionalismo privado e, além disso, boa parte das vagas pode ser ocupada apenas com o ensino médio completo.

Porém, existem alguns pontos negativos que devem ser levados em conta ao escolher o rumo de sua carreira. Abaixo esclarecemos alguns pontos importantes para a prévia avaliação, dentre positivos e negativos, que podem auxiliar na sua tomada de decisão se ainda vale ou não a pena fazer concurso público em algum momento da vida.

Estabilidade

Essa é uma das maiores vantagens de um concurso público. O funcionário aprovado tem garantia de estabilidade no cargo, ou seja, não pode ser demitido a qualquer momento e sem motivos.

Segundo o Artigo 41 da Constituição Federal, após três anos de exercício das atividades do cargo, ele garante a estabilidade, esse é o chamado estágio probatório. Nesse caso, a demissão ocorre apenas em casos extremos de falhas.

Outro fator determinante é a remuneração, a média salarial dos cargos em concursos públicos é bem superior ao funcionalismo privado, principalmente em cargos que não exigem formação superior. Além disso, os horários são estabelecidos e dificilmente há necessidade de cumprir horas extras.

Outra vantagem é que além de um bom salário, diversos benefícios são oferecidos. Podemos citar o: vale-alimentação, vale-refeição, vale-transporte, além de muitos outros.

Pontos negativos

Porém nem tudo são vantagens nos concursos, essa escolha também proporciona algumas desvantagens. Confira duas delas:

Tempo de preparação

Ingressar em um cargo pelo concurso público não é uma tarefa muito fácil. É preciso muita dedicação, anos de estudos, paciência e boa vontade. Por ser aberto a praticamente todas as pessoas, sem restrições, é comum que os concursos sejam muito concorridos e a dificuldade é grande.

Por isso, o tempo utilizado para a preparação adequada é grande e nem sempre é possível conciliar com uma faculdade, por exemplo. É preciso dedicação total aos estudos e essa é uma tarefa muito difícil. No último ano, mais de 12 milhões de pessoas participaram de concursos pelo Brasil.

Estagnação

Outra desvantagem é a questão da estagnação na carreira. Dependendo do cargo ingressado é difícil conseguir subir na carreira e alcançar um lugar de mais respeito dentro da organização. O importante é saber lidar com essa situação e conseguir planejar da melhor forma o futuro.

Fonte: guiadacarreira.com.br