Dicas para economizar na compra do material escolar


Dicas para economizar na compra do material escolar. Quem tem filhos sabe que parte das despesas de início de ano é com a compra do material escolar.

“Um problema nessa hora é que a maioria dos brasileiros tem grande dificuldade em realizar boas negociações, em função da timidez e da ideia de que o preço do produto não pode ser alterado. Mas se fizer as compras com planejamento e com tempo é possível economizar bastante”, explica Reinaldo Domingos, autor do best seller Terapia Financeira (Editora DSOP).

Ele ensina como comprar o material escolar sem gastar mais do que o necessário.

Como economizar 

1 – “Realize as compras de materiais escolares em conjunto com outros pais. Isso dará maior chance para negociar menores preços. Basta juntar duas ou três famílias com filhos nas mesmas séries”.

2 – “Levante todo o material escolar que sobrou no ano anterior, separando o que pode ser reaproveitado ou não. Nessa hora é importante lembrar que as trocas de livros didáticos entre alunos de séries diferentes representam grande economia. Caso não possa trocar, doe o material para jovens de famílias necessitadas. Veja a possibilidade de comprar somente o material que será utilizado no primeiro semestre, isto poderá lhe trazer uma boa economia e menor desembolso de dinheiro”.

3- “Não se deixar levar somente pelos desejos dos filhos, eles são influenciados pelos amigos e pelo marketing publicitário, por isso vão querer sempre produtos da moda e que contenham imagens de artistas ou personagens de sucesso, o que faz com que os preços desses produtos fiquem muito mais caros.

Para evitar ceder aos impulsos dos filhos, os pais devem ter sempre em mão uma lista do que é realmente necessário e conversar com os filhos para que entendam a diferença e a utilidade dos materiais”.

4 – “Na hora da compra é fundamental saber falar e se expressar, buscando a melhor opção de pagamento. Para isso, a disciplina é fundamental, com uma boa abordagem, para que a obtenção do melhor preço ocorra de forma segura e inteligente. Sempre pergunte quanto custa o produto à vista, isso ajudará muito”.

5 – “Existem diversas formas de abordar um vendedor, mas, seja qual for a sua, algumas dicas são interessantes: escolha bem a marca do produto, pesquise o preço na internet e em pelo menos três lugares com visitas presenciais, negocie a vista e pague a prazo, mas as prestações devem caber em seu orçamento mensal futuro. Seja cordial com o vendedor, pergunte seu nome e cumprimente-o. Ele certamente lhe ajudará nesta negociação”.

Fonte:  www.bolsademulher.com