Conheça as 4 carreiras militares no Brasil


A rotina desses alunos e profissionais exige muita disciplina e comprometimento. Entretanto, a carreira é estável e promoções são feitas por merecimento ou de acordo com o tempo de serviço.

Confira as carreiras a seguir:

Aeronáutica 

Para entrar na Aeronáutica é preciso ingressar num dos três cursos da Academia de Força Aérea (AFA), instituição de ensino superior da Força Aérea Brasileira (FAB).  Os formados nessas carreiras recebem diploma de bacharel em Administração, com habilitação em administração pública. Os cursos duram quatro anos e funcionam em regime de internato.

Depois de formado, o cadete se torna aspirante a oficial e pode optar por continuar na carreira militar.

Exército

Para quem quer seguir a carreira militar no Exército, a Academia Militar das Agulhas Negras (Aman) oferece o curso superior que forma os oficiais da área de combate. A graduação dura quatro anos, em regime de internato. Os alunos têm livres os fins de semana, feriados e férias escolares. Os alunos aprendem desde legislação até aulas de tiro e primeiros socorros em combate.

Depois de formado, o aluno recebe o título de bacharel em Ciências Militares e pode optar por seguir carreira militar.

Marinha

A escola Naval é a instituição que forma os oficiais para o corpo da armada (que opera navios), para a intendência (que cuida das questões financeiras e do abastecimento) e para a fuzilaria naval (para atuar em combates em terra, a partir do mar). Os oficiais podem tornar-se também aviadores navais e, assim, pilotar aviões e helicópteros pertencentes à Marina.

Depois de formado, o aspirante é declarado guarda-marinha e pode passar por cursos complementares.

Polícia Militar 

Os cursos de formação de oficiais geralmente duram quatro anos, em regimes que misturam internato e semi-internato. Apesar de as academias de São Paulo e do Rio de Janeiro serem mais conhecidas, há outras nos demais estados brasileiros.

Depois de formado, o aluno é declarado aspirante a oficial e pode continuar estudando e exercendo as atividades militares para ser promovido.

 

Fonte: guiadoestudante.abril.com.br