Como sobreviver ao último ano do ensino médio


O último ano na escola é um grande desafio para a grande maioria dos alunos. Veja como sobreviver ao terceiro ano no Ensino Médio.

Esse é o ano em que você terá que se despedir dos seus amigos e se preparar para entrar no mundo universitário.  Por isso, essa fase pode ser difícil para boa parte dos alunos. A seguir, veja dicas para sobreviver ao último ano do Ensino Médio da melhor forma possível:

Aproxime-se dos seus professores: Aproveite o seu último ano para se aproximar dos professores. Esse tipo de atitude pode ajudá-lo a entender melhor o conteúdo lecionado, além de ser um ótimo exercício de networking.

É normal sentir dúvidas: Não se sinta um peixe fora d’água por não saber qual curso optar. Escolher a carreira que você irá seguir para a vida inteira é uma enorme responsabilidade e você tem o direito de demorar a tomar uma decisão. Se sentir muita dúvida, é melhor não prestar nenhum vestibular e esperar até a próxima oportunidade.

Tire duvidas: Além de ser importante para as suas notas, ter o hábito de tirar as suas dúvidas com os professores é essencial para ter um desempenho bom no vestibular. Se você for realizar a sua prova sem entender 100% de um assunto será difícil obter um bom resultado.

Converse com os seus pais: Todas as vezes que você se sentir confuso ou ansioso, converse com os seus pais. Eles já passaram pela mesma situação e poderão dar conselhos úteis para que a sensação ruim passe.

Adapte-se: Nem sempre o seu plano A irá funcionar. Se os meses passarem e suas metas não forem atingidas, crie um plano reserva e comece de novo. É melhor aceitar os erros e seguir em frente do que insistir nos mesmos hábitos.

Não se desespere com o vestibulares:  Mesmo que esse ano seja decisivo para a sua vida universitária, não entre em desespero. Aproveite seus últimos meses no colegial para sair com os amigos e descansar um pouco. Depois que suas aulas na universidade começarem você sentirá muita falta das pessoas que estudavam com você. Por isso, não deixe de aproveitar o seu último ano.

Fonte: noticias.universia.com.br