Como se preparar para o Enem 2018 desde já


Apesar de ser considerado difícil por muita gente, qualquer pessoa pode tirar uma ótima nota no Enem e conseguir uma vaga em uma boa universidade.

O segredo é ter disciplina e se dedicar durante todo o ano. Se você está decidido a mandar bem em 2018, nós temos 6 dicas que vão ajudar muito a se preparar para o exame do ano que vem:

1) Resolva questões do Enem todos os dias

Toda prova tem suas características. A do Enem, por exemplo, costuma ser interdisciplinar e contextualizada. Desde 2015, professores já apontavam que as questões ficaram um pouco mais conteudistas, mas sem fugir muito do padrão anterior. Por isso é preciso se familiarizar ao máximo com a forma como o conteúdo é cobrado.

Tempo até o Enem 2018 não vai faltar. Se você montar um cronograma e resolver três questões por dia, em três meses já vai ter feito pelo menos três provas inteiras. Se manter o ritmo até outubro do ano que vem, vai ter tempo para ver com calma todas as questões já publicadas no Enem. Isso dará a você a possibilidade de focar nas perguntas mais complexas e nos conteúdos que você tem maior dificuldade.

2) As matérias mais difíceis

Resolver questões mais complexas e os conteúdos de maior dificuldade leva à segunda dica. Todo mundo tem algum ponto fraco. Mesmo que você consiga ir bem em redação, linguagens, humanas, exatas e ciências da natureza, sempre há uma disciplina que exige um esforço maior.

Pois o segredo dos melhores colocados é dedicar desde o começo do ano um tempo extra a essas matérias. Aulas de aprofundamento ou professores particulares são uma opção.

3) Os conteúdos que mais caem

Por mais que você estude toda a matéria e se foque nas disciplinas e questões mais difíceis, de nada vai adiantar se não estiver bem preparado para o conteúdo que mais cai. Nós já indicamos quais os conteúdos que mais caem em QuímicaFísicaBiologiaMatemática e na prova de Ciências Humanas, além do tipo de redação que o Enem costuma cobrar. Rever esses itens já é um bom começo.

4) Meça o tempo

Os dois dias, que somam um total de 10 horas de prova, parecem uma eternidade. No entanto, você precisa se organizar. Uma alternativa usada por muitos vestibulandos é fazer as 90 questões de um único dia e medir o tempo de resolução no relógio.

Se você já fez o Enem ou se já conhece as questões, deve terminar a prova com uma boa folga, o que garante um tempo extra para os conteúdos novos que vão cair.

5) Escreva

Escrever bem não tem mistério. Basta ler e escrever, simples assim. Além dos conteúdos de atualidades, leia livros periodicamente. Dois por mês é um bom número para impulsionar sua habilidade de compreensão e melhorar vocabulário.

Some a isso a produção de duas redações por mês, aumentando a frequência à medida que o exame se aproxima, e a qualidade do seu texto vai dar um grande salto.

6) Acompanhe as notícias

Para ter bons argumentos na redação e resolver com facilidade as questões contextuais que o Enem costuma cobrar, você deve acompanhar periodicamente as notícias.

Ler um ou dois sites de notícias periodicamente também ajuda. Se você não tem o hábito de acompanhar portais, experimente começar lendo uma única matéria por dia. Com o tempo, você vai se inteirar dos assuntos e as leituras vão ficando mais fáceis

 

 

 

Fonte: www.vestibular.com.br