Como fazer um adolescente gostar de estudar?


Estamos na era digital e fazer um adolescente gostar de estudar não é tarefa fácil.

É fato que os livros e as vídeo aulas perdem facilmente na batalha contra as conversas no WhatsApp e maratonas de Pretty Little Liars e Grey’s Anatomy na Netflix, mas é possível inverter a situação e fazer com que o jovem pegue gosto pelos estudos.

Por que muitos adolescentes não conseguem gostar de estudar?

De acordo com psicólogos e pesquisadores da área, há diversos fatores que fazem com que uma criança ou um adolescente não goste de estudar. Problemas com professores, dificuldade de compreensão do conteúdo e falta de incentivo são alguns motivos, mas os mais comuns geralmente estão associados ao fato de que os jovens veem o ato de estudar como uma atividade tediosa.

É possível fazer um jovem gostar de estudar?

Sim, é possível. A partir do momento em que a criança ou o adolescente percebe que o ato de estudar não precisa ser maçante, automaticamente terá mais gosto pelos estudos e poderá se tornar um estudante exemplar.

O que é preciso fazer para que um adolescente comece a gostar de estudar?

Antes de tudo, é importante ressaltar a importância dos estudos. Converse com o jovem sobre o futuro, pergunte quais são seus objetivos de curto prazo e seus grandes sonhos. Depois disso, mostre que estudar é uma ótima maneira de conquistar essas metas.

Também é essencial que você mostre a ele que estudar é uma atividade divertida e prazerosa. Ajude-o na organização do local de estudos, na escolha dos materiais e, principalmente, na tarefa de identificar maneiras diferentes de aprender o conteúdo. No caso de crianças, também é válido fazer as atividades escolares em conjunto!

Maneiras práticas de fazer um adolescente gostar de estudar

  • Mostre exemplos de pessoas que alcançaram bons resultados por meio dos estudos;
  • Dê uma recompensa sempre que uma meta de estudos for alcançada;
  • Elabore jogos envolvendo as matérias escolares;
  • Descubra algum filme que seja relacionado ao conteúdo e incentive-o a assistir;
  • Ressalte a importância de fazer pausas entre os estudos;
  • Transforme o celular num aliado: incentive o uso de aplicativos de simulados e de aprendizado de idiomas;
  • Incentive a leitura e a prática de atividades físicas, pois elas ajudam no aumento da concentração.

E nunca se esqueça de respeitar o ritmo e os limites do estudante!

 

 

Fonte: passeisemcursinho.com.br