CFO – Curso de Formação de Oficiais da PM


As provas para fazer o Curso CFO são realizadas em fases. A primeira fase é feita na UFPR, assim como o primeiro dia da segunda fase.

O Curso é disponibilizado anualmente via vestibular da UFPR e destina-se à formação de Oficiais para a Polícia Militar e para o Corpo de Bombeiros Militar. O seu principal objetivo é fornecer conhecimentos indispensáveis para o desempenho de funções das categoria de Oficiais.

Para participar do concurso, os candidatos devem ler atentamente o edital e obedecerem aos pré-requisitos básicos. A inscrição é feita pela Internet (www.nc.ufpr.br), mediante o preenchimento do formulário de inscrição, e será efetivada após o pagamento da taxa de inscrição ou após a homologação da isenção dessa taxa.

A SELEÇÃO

O processo seletivo é regulado pela UFPR. As provas avaliam, além do domínio dos conteúdos das disciplinas do ensino médio, as capacidades de articular ideias com clareza, de relacionar e interpretar fatos e dados e de raciocinar de maneira lógica. 

Se aprovados na primeira fase, os candidatos serão submetidos às Provas de Habilidades Específicas (PHE) no âmbito da PMPR e reguladas por edital. As PHE, de caráter eliminatório, serão compostas pelas seguintes fases: Investigação Social (IS), Avaliação Psicológica (AP), Exame da Capacidade Física (ECAFI) e Exame de Sanidade Física (ESAFI).

BR-277, 76 – Afonso Pena, São José dos Pinhais – PR, 83075-000

Para o ingresso como oficial combatente o candidato deverá preencher os seguintes requisitos, conforme inciso III do Art. 21 da Lei Estadual nº 1.943 de 23 de junho de 1954, que são:
a) ser brasileiro;
b) ter no máximo 30 anos de idade no ato da inscrição;
c) ter concluído o ensino médio;
d) aprovação em concurso público;
e) possuir capacidade física;
f) possuir sanidade física;
g) possuir aprovação em exame de adequação psicológica para o desempenho das funções institucionais, de caráter eliminatório e em conformidade com o perfil profissiográfico exigido do candidato, realizado de acordo com as normas do Conselho Federal de Psicologia;
h) ser considerado indicado nos testes toxicológicos;
i) possuir idoneidade moral;
j) estar quite com o serviço militar e obrigações eleitorais.

Algumas condições para inscrição:

CFO – O curso de Formação de Oficiais (CFO), oferecido pela ESO, é disponibilizado todos os anos pela UFPR. As disciplinas fundamentais estão ligadas diretamente à vida militar, buscando adaptar os cadetes para o melhor cumprimento da sua atividade como policial militar e bombeiro militar. São diversos segmentos do direito, uso correto de armas de fogo, psicologia, estatística, educação física, direitos humanos e policiamento comunitário, além de técnicas de salvamento e prevenção de incêndios, entre outras.

O curso tem duração de 3 anos e funciona em regime de internato, já que o aluno mora e estuda na Academia Policial Militar, podendo sair apenas nos fins de semana.

Desde o início os alunos fazem estágios administrativos nos quartéis e, ao fim do curso, nas ruas. No último ano de formação, os cadetes fazem estágios operacionais supervisionados, nos diversos batalhões do estado e atividades da corporação.

Quem faz o curso de formação de oficiais é encaminhado para unidades da Polícia Militar em diversas cidades, podendo atuar em diversas áreas dentro dos batalhões, como por exemplo Informática, Logística, Jurídica, Tesouraria, Policiamento, Educação Física, entre outras.

O salário do cadete do 1º ano do CFO é de R$ 3.213, 61. 

Perguntas frequentes:

Quais são as Etapas do Concurso?
O Concurso é constituído das seguintes etapas:
a) Exame Intelectual;
b) Exame de Capacidade Física – ECAFI;
c) Exame de Sanidade Física – ESAFI;
d) Avaliação Psicológica;
e) Investigação Social.

Quais são os requisitos básicos para o ingresso?
Para o ingresso como oficial do quadro de saúde o candidato deverá preencher os requisitos básicos conforme inciso I do Art. 21 da Lei Estadual nº 1.943 de 23 de junho de 1954, que são:

a) ser brasileiro;
b) ter no máximo 40 anos de idade no ato da inscrição;
c) ter concluído curso superior na área exigida;
d) aprovação em concurso público de provas e títulos;
e) possuir capacidade física;
f) possuir sanidade física;
g) possuir aprovação em exame de adequação psicológica para o desempenho das funções institucionais, de caráter eliminatório e em conformidade com o perfil profissiográfico exigido do candidato, realizado de acordo com as normas do Conselho Federal de Psicologia;
h) ser considerado indicado nos testes toxicológicos;
i) possuir idoneidade moral;
j) estar quite com o serviço militar e obrigações eleitorais;