5 dicas sobre como entrar em uma escola militar


Muitas crianças do Ensino Fundamental todos os anos se preparam para obter uma vaga em uma das diversas escolas militares espalhadas pelo Brasil. E mesmo ainda com pouca idade, o esforço para entrar é de gente grande. O que faz a diferença é o apoio dos pais nesta fase de provas e seguir algumas dicas práticas para ter mais chances de passar no processo seletivo. Confira agora 5 dicas sobre como entrar em uma escola militar.

Escolha o colégio militar

As escolas militares sempre foram conhecidas não apenas pela rigidez, mas pela ótima qualidade de ensino. Isso leva muitas crianças e adolescentes a competirem por uma vaga. As seletivas em geral são anuais, na maioria dos casos, ou semestrais em outros. As escolas militares estão sempre localizadas em cidades estratégicas e, desta forma, é importante escolher a localização e o tipo de escola almejada.

Saiba o que cai nas provas

Cada escola lança seu edital próprio, com aquilo que será exigido do aluno, média mínima para concorrer a uma vaga, o cronograma e demais informações relevantes. É importante ficar atento ao lançamento do edital em cada período.

Os concursos para a entrada em colégios militares ocorrem no 6º ano do Ensino Fundamental e no 1º ano do Ensino Médio. Em geral, as provas são de matemática e língua portuguesa, podendo ainda haver a exigência de outras matérias. Além das provas de conhecimento intelectual, é exigida uma redação, inspeção de saúde e é verificada a biografia de cada candidato.

Cursinhos especializados e rotina de estudo

Em geral, a dica é se preparar pelo menos um ano antes de fazer as provas seletivas. Muitos optam por fazer paralelamente um cursinho especializado, parecido com o pré-vestibular, com foco no conteúdo exigido – que em geral, abrange uma ou duas séries a mais que a pretendida – para ter mais chances.

 

 

 

Fonte: canaldoensino.com.br